As perguntas frequentes e os principais atrativos para conhecer no Jalapão

Tocantins reúne as mais belas paisagens de cerrado brasileiro, paredões, cachoeiras, rios, dunas e os fervedouros do Jalapão. É Considerado um dos melhores destinos de ecoturismo no Brasil.

A primeira pergunta que surge naturalmente é se dá pra conhecer o Jalapão por conta própria, sem precisar contratar um pacote (ou expedição, como algumas agências preferem chamar). Se você não dirige um veículo 4×4, a resposta é não. As estradas são arenosas o que demanda um veículo adequado pra evitar perrengues.

As demais são:

  • Como Ir
  • Melhor Época
  • Onde Ficar
  • Atrativos

1 – Onde Fica o Jalapão

O Jalapão está localizado no leste do Estado do Tocantins, fazendo divisa com os Estados do Maranhão, Piauí e Bahia.

A área total do Jalapão é de 53,3 mil km2. Algumas das cidades abrangidas são Lagoa do Tocantins, Mateiros, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins e São Félix do Tocantins.

PEJ – Parque Estadual do Jalapão foi criado pela Lei Estadual 1.203 de 12 de janeiro de 2001, com o objetivo de preservar os recursos naturais da região. Nesse caso, a área do parque inclui apenas a cidade de Mateiros, fazendo divisa com outras cidades.

O parque é gerido pela Naturatins, que zela pela preservação e ordena a visitação no Parque.

A maior parte das atrações turísticas fica em áreas privadas, como as cachoeiras e fervedouros, mas a região das Dunas do Jalapão é gerida pela Naturatins e o acesso é somente mediante agendamento e com o acompanhamento de um guia.

Curiosidade:  o nome Jalapão vem de uma planta nativa chamada “Jalapa”. É muito comum encontrar cachaças feitas à base da Jalapa. Uma dose é chamada de Jalapa e duas doses eram chamadas de Jalapão, daí surgiu o nome do lugar.

Veja também: 10 curiosidades sobre o Jalapão

2 – Qual a Melhor Época?

O Jalapão pode ser visitado em todos os meses do ano. Mas é preciso dizer que as experiências são completamente diferentes.

Nós somos do time que prefere sempre viajar fora da época das chuvas. Sol pra gente é essencial. Se você também prefere viajar sem chuva, os meses menos chuvosos vão de junho até setembro.

Os meses mais chuvosos são os meses do verão: de janeiro a março. A chuva não prejudica somente a beleza das paisagens. Com chuvas, as estradas que já eram ruins, ficam muito problemáticas e requerem ainda mais experiência dos motoristas.

A exceção fica para alguns trechos de areia, que com a chuva podem ficar mais fáceis de trafegar com as chuvas. Outra desvantagem da chuva é que a quantidade de mosquitos aumenta.

Já se você quer fugir do calor extremo, evite os meses de agosto a novembro.

3 – Como Chegar no Jalapão

  • O Jalapão fica no estado do Tocantins e a porta de entrada é por sua capital, Palmas.
  • De Palmas, são mais de 300 km para chegar em Mateiros, uma das cidades base localizadas na área do Parque Estadual do Jalapão.
  • Existem duas opções de roteiros: ou você passa por Ponte Alta do Tocantins (chamada de Portal do Jalapão) ou você passa por São Félix do Tocantins.
  • roteiro é circular, então se você começar por uma dessas cidades, irá terminar na outra.
  • Ao todo, você provavelmente vai percorrer cerca de 1.000 km, se fizer o roteiro circular.

O principal ponto de alerta desse roteiro são as estradas do Tocantins. O trecho entre Ponte Alta e Mateiros, por exemplo, é um dos mais complicados, com uma estrada que mistura trechos de terra, pedras e areia (mais de 165 km de estrada não pavimentada).

Jalapão, Tocantins: O que Fazer, Dicas de Viagem e Roteiro Completo

Devido ao solo arenoso, é necessário um veículo 4X4 para circular pelo Jalapão. Além disso, não é indicado circular sem guia: as estradas têm poucas placas e a maioria das atrações é de difícil acesso.

4 – Será que o Jalapão é pra mim? Dá para viajar com crianças?

A viagem para o Jalapão não requer muito esforço físico. São poucas trilhas para fazer, e as trilhas existentes são curtas e de fácil acesso.

O difícil mesmo no Jalapão são os trajetos de carro.

Existem trechos de mais de 3 horas dentro de um carro, isso com muito balanço por causa das estradas bem acidentadas.

Então se você está se perguntando se dá para levar crianças pequenas ou adolescentes nesse tipo de viagem, você mesmo precisa se perguntar se seus filhos têm paciência para ficar tanto tempo dentro do carro.

Também não é preciso saber nadar. Os fervedouros, que iremos explicar melhor a seguir, são ótimos para quem não sabe nadar. Nas cachoeiras e lagoas, na sua maioria, também dá para ficar tranquilamente, sem tirar os pés do chão.

 

5. Quais os melhores atrativos?

A região Encantos do Jalapão é um convite a contemplação e a grandes aventuras. Cachoeiras, fervedouros, Serras, rios e dunas.

Os links abaixo vão te ajudar:

Paisagens de tirar o fôlego! Se encante pela Pedra furada no Jalapão

É no Jalapão! Cânion Sussuapara

Águas verdes e vegetação exuberante, conheça a Cachoeira do Formiga

Um “deserto” no cerrado tocantinense, conheça as dunas do Jalapão

Portal sul do Jalapão, Ponte Alta esconde atrativos imperdíveis nas suas proximidades

Cartilha com 14 lugares imperdíveis

Você já conhece a Serra da Catedral?

Se encante pela Prainha do Rio Novo no Jalapão

Conheça alguns dos fervedouros mais famosos do Jalapão

 

6. Onde ficar

Há duas maneiras de se hospedar no Jalapão: nos campings e em pousadas simples.
Quem viaja com a Korubo Expedições se hospeda no acampamento fixo da empresa,
próximo ao Rio Novo, em Mateiros. Nele, os viajantes ficam em tendas com camas, pia e
privada – os chuveiros são compartilhados. Outros lugares para acampar são a
Cachoeira do Formiga e o Fervedouro da Bela Vista.

Se preferir ficar em pousadas, se hospede em Ponte Alta, São Félix e/ou Mateiros, as
principais cidades da região. Nessas cidades, as pousadas são muito simples – a
maioria não costuma ir além de ducha quente, cama e café da manhã -, mas seus donos
são os melhores contadores de história da região.

Em Ponte Alta do Tocantins, a Pousada Coelho tem wi-fi e ar-condicionado nos
quartos e a Pousada Águas do Jalapão, localizada em uma área rural, tem uma pegada
sustentável e proporciona boa integração com a natureza.

Em Mateiros, a Pousada Buritis do Jalapão tem bar, wi-fi e quartos com vista para o
jardim; a confortável Pousada Santa Helena, tem área de lazer com piscina e mesa de
bilhar e a Pousada Panela de Ferro oferece piscina e quartos com ar-condicionado, TV
e frigobar.

Em São Félix do Tocantins, a Pousada Cachoeiras do Jalapão tem quartos com
varanda e um restaurante e a Pousada São Félix do Jalapão tem piscina com
hidromassagem, bar molhado e sauna.

 

 

 

Luciane Santana
Luciane Santana
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Apoio ao Turista

Como Chegar
Principais Atrativos

Belezas naturais

Dunas
Ver Galeria
Serras
Ver Galeria
Cachoeiras
Ver Galeria
Lagos
Ver Galeria
Cidades
Ver Galeria
Previous
Next

Curiosidades

Escolha o Idioma »