Ecoturismo: o que é, vantagens e as principais atividades praticadas neste segmento

O ecoturismo ou turismo de natureza é um segmento de atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentivando sua conservação e buscando a formação de uma consciência ambientalista, promovendo o bem-estar das populações.

O que é o ecoturismo?

O ecoturismo é o simples ato consciente durante todo o processo e realização de uma viagem, ou seja, é saber utilizar de forma mais sustentável uma atividade turística, cuidando e preservando de tal patrimônio natural e cultural.

Tem como base uma maior conexão e interação com a natureza, aproveitando deste meio para explorar maiores aprendizados e conhecimento, sempre protegendo as áreas em que essas vivências acontecem.

Como deve ser praticado o ecoturismo?

A ideia central é despertar uma maior consciência sobre o turismo e sobre a relação do ser humano com a natureza, conduzindo assim, o visitante a se integrar mais profundamente com o meio ambiente e com a comunidade local.

Isso além de gerar experiências mais verdadeiras, harmoniosas e enriquecedoras para o turista, gera também um maior fortalecimento e valorização da comunidade e todo o seu bioma.

A prática do ecoturismo começa desde a escolha do seu local de viagem, a empresa com quem você irá viajar, o hotel em que vai se hospedar, a observação da proposta do roteiro, respeito com a cultura e diversidade local quando chegar, auto responsabilidade com o seu próprio lixo, assim como não recolher nada da natureza e respeitar a vida dos animais.

ecoturismo é observar como você pode aproveitar da conexão com a natureza, sem gerar impacto no meio ambiente. Aliás, pelo contrário, muitas vezes são fomentadas ações de preservação junto às atividades turísticas.

Assim como os moradores dos locais visitados, que podem se beneficiar financeiramente do turismo ao invés de atividades exploratórias.

Leia também – Paisagens de tirar o fôlego! Se encante pela Pedra furada no Jalapão

Leia também – É no Jalapão! Se encante pelo  Cânion Sussuapara

Quais são os princípios do ecoturismo?

  • Diminuir o impacto das visitas nos locais
  • Criar respeito, consciência ambiental, e práticas culturais
  • Proporcionar experiências positivas tanto para os visitantes, como para os anfitriões
  • Utilizar da ajuda financeira para a conservação ambiental
  • Fortalecer os povos locais financeiramente e culturalmente
  • Conscientizar os turistas sobre o clima ambiental, social, e político do país

Quais são as principais atividades praticadas no ecoturismo?

Tirolesa

Tirolesa Vôo do Pontal (Palmas) - ATUALIZADO 2021 O que saber antes de ir - Sobre o que as pessoas estão falando - Tripadvisor
Tirolesa Vôo do Pontal (Palmas) – Foto: Tripadvisor

A tirolesa é uma prática realizada por meio de instrumentos, como cordas, cabos, e  roldanas, que ficam presas em duas extremidades. O participante é levado de um lado para o outro, sobrevoando assim o terreno escolhido.

Essa é uma atividade que quase não exige esforço físico, mas instrumentos preparados e bem presos. Apesar disso, proporciona com certeza muita aventura e adrenalina.

No Jalapão para quem gosta de sentir o sangue pulsando, entre muitos passeios, tem várias Tirolesas

Arvorismo

Arvorismo em Brotas | Turismo de Aventura em Brotas
Arvorismo em Brotas Foto: Brotas Online

O arvorismo é uma prática que também é feita nas alturas, mas que demanda um pouco mais do praticante. Tem como objetivo fazer a travessia, normalmente caminhando, de um ponto ao outro.

Essa é uma atividade feita entre árvores, explorando novos ângulos e olhares da natureza. Há 3 modalidades de arvorismo;

  • Arvorismo Contemplativo: é o mais tranquilo entre os 3, a sua estrutura já é feita com plataformas maiores, proteções laterais, e com um grau de dificuldade bem menor, sendo mais indicado para quem quer mais desfrutar a vista e observar a natureza.
  • Arvorismo Técnico: foi desenvolvido nos anos 80, com a necessidade dos pesquisadores, cientistas, em estudar os comportamentos das espécies, e coletar amostrar para o aprofundamento das pesquisas.
  • Arvorismo Acrobático: nasceu do arvorismo técnico, com o objetivo de diversão, aventura, e desafio. Nessa modalidade, o grau de dificuldade é mais elevado, sendo mais indicado para pessoas que já tem alguma experiência, equilíbrio e coordenação.

Observação de aves

ecoturismo observacao aves

A observação de aves, ou o birdwatching como também é chamado, é uma atividade sustentável, considerada também um hobby, que pode ser praticada por qualquer pessoa, desde crianças a idosos.

O objetivo é a observação das diferentes espécies de aves, de uma forma que crie nenhuma interferência no meio ambiente. Essa atividade nasceu quando o homem começou a se interessar por outras formas de vida na terra.

No Brasil essa prática chegou mais recentemente, trazendo consigo vários benefícios para a vida do ser, como um turismo mais responsável, o desenvolvimento de novos dados, a educação ambiental entre o turista e uma comunidade, assim como, a geração de renda e a valorização do ambiente local.

Cicloturismo

Dicas de segurança no cicloturismo
Foto: Google reprodução

O cicloturismo é basicamente a união do ciclismo, com o turismo, tendo como objetivo o prazer de pedalar e conhecer novos lugares ao mesmo tempo.

Essa prática é levada bem a sério na Europa, tendo vias exclusivas para procura conhecer os países dessa forma, um grande contraste da realidade no Brasil, que ainda não é muito respeitada.

Uma forma bem saudável, ecológica, e, além de tudo, econômica de se viajar, precisando apenas de algumas precauções e cuidados, como a procura de uma bicicleta forte, confortável, e preparada para esse tipo de atividade, além dos acessórios de segurança para o condutor, como capacetes, luvas, e lanternas.

Trekking

ECO TRILHAS | Búzios Trip Tour

O trekking é uma atividade baseada no ato de caminhar. A palavra vem de origem sul-africana, que tem como significado o “ trilhar ”.

O que o difere da caminhada, é que ele é feito normalmente ao ar livre, nas montanhas, matas, florestas, cachoeiras e sempre com um grau maior de dificuldade do que uma simples trilha.

Sendo em geral percursos mais longos, onde se muda de um lugar para o outro, durante mais de um dia, precisando dormir pelo caminho, em abrigos e tendas, como um peregrino.

Parapente e Asa-delta

Asa Delta ou Parapente (Paraglider): qual o melhor? | Vertigens

O parapente e a asa-delta são duas atividades de voo livre e radical, que tem em si uma mesma essência em sua natureza, mas com algumas diferenças bem consideráveis na prática.

Asa-delta tem seu nome de origem na palavra grega delta, que com sua semelhança, tem o formato de um triângulo, assim como a sua aeronave.

A grande curiosidade é que ela foi desenvolvida por Francis Rogallo, um engenheiro da NASA, que tinha como objetivo, criar um método para voltar a Terra, de alguma espaçonave. Mais tarde, a sua idéia foi reutilizada e adaptada para o esporte radical, que hoje em dia é feito por milhares de pessoas.

A sua prática consiste em voar centenas de quilômetros velejando entre as correntes de ar, subindo até a base das nuvens, é de extrema diversão e desafio físico e mental.

Parapente tem muitas semelhanças também com o paraquedas, e foi criado na França, no ano de 1978, para assim servir de treino aos paraquedistas, com o objetivo de obter precisão na hora de aterrissagem.

A diferença é que o parapentista tem um voo mais dinâmico, com o piloto controlando a sua direção e altura, em contato com as correntes de ar, podendo se manter no ar por longos períodos.

Canoagem

ecoturismo canoagem

A canoagem surgiu na Groenlândia, em uma época em que as canoas eram utilizadas como formas de trabalho, mais especificamente, para a pesca.

A origem da canoa vem dos nativos norte-americanos, tendo origem na palavra kenu, que tem significa, o tronco de uma árvore.

É uma atividade praticada com o caiaque ou a canoa, e é considerada um dos principais esportes olímpicos, onde inclusive teve o seu ponto de largada pela primeira vez, em 1936.

Há várias modalidades diferentes no esporte, dentre elas, a Canoagem Oceânica, o Caiaque-Pólo, Canoagem Slalom, Freestyle.

A Canoagem Turismo por exemplo, já não tem o foco competitivo, e sim a reaproximação do homem com a natureza, traz inclusive ótimos benefícios na vida daqueles que o praticam.

Leia também – Águas verdes e vegetação exuberante, conheça a Cachoeira do Formiga

Canyoning

ecoturismo canyoning

O Canyoning ou o Canionismo teve origem na Europa, no ano de 1970. Esse esporte consiste na exploração de um ambiente, como rios, cachoeiras e canyons.

É uma atividade que precisa da utilização de alguns equipamentos e técnicas, por estar um contato direto com a natureza. Essa prática tem como objetivo a interferência mínima possível no meio ambiente, o que traz a sensação de aventura, liberdade, e diversão.

No Brasil há vários lugares abertos para esse tipo de esporte, como a Chapada dos Veadeiros e a Chapada Diamantina.

Rafting

Rafting | Educa Mais Brasil

O Rafting tem a sua primeira história registrada no ano de 1869, quando houve a primeira expedição no Rio Colorado, nos Estados Unidos. A sua origem vem da palavra raft, que significa balsa.

Esse é um esporte radical, feito com botes infláveis de borracha, descendo as corredeiras de rios. Normalmente são de cinco a oito pessoas por bote, sendo extremamente essencial a conexão e o trabalho em equipe.

Há diversos níveis de dificuldade no rafting, sempre dependendo do volume da água do local escolhido, assim como, as pedras, as quedas d’água, as corredeiras, os seus planaltos, montanhas, dentre outras observações a serem analisadas.

O mais conhecido e procurado é a modalidade de rafting comercial, que proporciona experiências incríveis para quem quer ter esse primeiro contato, conhecer uma nova região e estar em uma grande aventura pela natureza.

Turismo Geológico

Chapada Diamantina! 25 dicas para a sua viagem a um dos mais lindos destinos de natureza do Brasil!
Chapada Diamantina

O Turismo Geológico é a atividade mais recente praticada dentre todos os outros tipos de turismo de natureza. O seu conceito inclusive se encontra em um movimento construtivo, mas tendo como base o privilégio de se conectar com as características geográficas naturais de um local.

A ideia é ir além do lazer, e sim gerar uma maior conscientização sobre a importância dos elementos naturais e toda a sua preservação. Com isso, ter um recurso mais informativo, explicando toda a história geológica do local, assim como a sua evolução ao longo do tempo.

Essa atividade normalmente é praticada com visitação em cavernas, montanhas, grutas, e solos. No Brasil, alguns dos destinos que já vem utilizando dessa ferramenta, é em Fernando de Noronha e a Chapada Diamantina.

Leia também – Um “deserto” no cerrado tocantinense, conheça as dunas do Jalapão

Fonte: freeway.tur.br

Luciane Santana
Luciane Santana
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Apoio ao Turista

Como Chegar
Principais Atrativos

Belezas naturais

Dunas
Ver Galeria
Serras
Ver Galeria
Cachoeiras
Ver Galeria
Lagos
Ver Galeria
Cidades
Ver Galeria
Previous
Next

Curiosidades

Escolha o Idioma »