Prainha do Tocantins: um paraíso às margens do 2º maior rio do país

Foto: Diego, colunista social -Gazeta do Cerrado

O Tocantins tem muitos tesouros recém descobertos, um deles é Prainha do Tocantins, que fica na cidade de Tocantínia, região central do Estado, distante 80 km de Palmas. O rio Tocantins é o segundo maior totalmente brasileiro, perdendo apenas para o rio São Francisco.

O Colunista da Gazeta do Cerrado foi conhecer no último domingo –  08 de agosto.

Confira as fotos!

Restaurante

Bar

Faixa de areia

Colunista da Gazeta Social e amigos

Vídeo

Tire todas as suas dúvidas sobre o local:

1. Qual valor da entrada?
R: Entrada é por Choupana, o valor de cada choupana é de $:80,00 com direito até 20 pessoas.

2. Pode acampar na praia? Paga algum valor a mais para acampar?
R: Ainda estamos estruturando nosso camping, em breve estaremos disponibilizando com toda estrutura tais como: ponto de energia, churrasqueira, cozinha e banheiros. ( O camping não será na mesma área da Praia).

3. Tem restaurante no local? 
R: Sim, servimos almoço À Lá Carte, e em breve estaremos servindo jantar.

4. O local costuma receber mais pessoas nos finais de semana?
R:Como o período de férias de Julho se encerrou, geralmente as reservas são preenchidas mediante a reserva. Por isso, é interessante o quanto antes o cliente fazer a reserva.

5.  Já tem previsão de chalés para hospedagem?
Estamos iniciando a construção dos chalés para a pousada que será concluída até o próximo próximo verão.

Reservas

As reservas podem ser feitas  pelo telefone: 63 98489 – 5157

Sobre o Rio Tocantins

O rio Tocantins nasce na serra Dourada, no estado de Goiás, no Brasil, e deságua na foz do rio Amazonas, depois de banhar os estados de Tocantins, Maranhão e Pará.

O Tocantins é o segundo maior rio totalmente brasileiro, perdendo apenas para o rio São Francisco. Depois do ponto em que se junta ao rio Araguaia, na região do Bico do Papagaio, na divisa dos estados de Tocantins, Maranhão e Pará, costuma ser chamado de Tocantins-Araguaia. Com 2.416 quilômetros, une o planalto Central (onde nascem os dois rios que o formam, o Maranhão e o Almas) à Amazônia.

Na época da cheia, seu trecho navegável é de mais de 1.000 quilômetros. Com a abertura da rodovia Belém-Brasília, em 1960, a navegação fluvial entrou em declínio. Era no vale do Tocantins, fértil e rico em minerais, que se encontrava a maior concentração de castanheiras (árvores da castanha-do-pará) da Amazônia.

A região final do rio Tocantins, ao sul da ilha de Marajó, é conhecida como Baixo Tocantins. Nessa área, o leito largo abriga um arquipélago formado por centenas de ilhas de vários tamanhos e formatos. Ali vivem cerca de 50 mil pessoas. A comunidade tira o sustento de produtos da floresta amazônica, como cacau, buriti e açaí, bem como da pesca do mapará, um peixe sem escamas que é tradicional da região.

O rio Tocantins tem praias que atraem tanto banhistas locais quanto turistas. A praia do Cacau, em Imperatriz, no Maranhão, e a praia da Graciosa, em Palmas, estão entre as mais movimentadas.

No rio Tocantins também se localizam diversas usinas hidrelétricas. A mais importante é a de Tucuruí, no estado do Pará. Como Itaipu se divide entre o Brasil e o Paraguai, Tucuruí ocupa a posição de maior hidrelétrica inteiramente brasileira.

Fonte/Fotos: Gazeta do Cerrado

Luciane Santana
Luciane Santana
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Apoio ao Turista

Como Chegar
Principais Atrativos

Belezas naturais

Dunas
Ver Galeria
Serras
Ver Galeria
Cachoeiras
Ver Galeria
Lagos
Ver Galeria
Cidades
Ver Galeria
Previous
Next

Curiosidades

Escolha o Idioma »