Turismo de observação de baleias tem início no Brasil

Bahia, Espírito Santo e Santa Catarina são alguns dos estados onde a prática turística já começou

Já pensou em ver de perto baleias Jubartes ou Franca? Se sim, agora é o momento certo. Está aberta a temporada de observação dos animais no Brasil. Iniciada entre os meses de junho e julho, a época é propícia para a prática deste tipo de turismo, já que as baleias viajam até as águas quentes do país para se reproduzirem. O litoral dos estados da Bahia, Espírito Santo e Santa Catarina são alguns dos lugres onde os animais podem ser encontrados, inclusive as regiões contam com projetos que destacam a história e a preservação.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, pontuou a diversidade turística e natural do nosso país e destacou a importância da aliança entre preservação ambiental e turismo. “Temos um potencial náutico enorme e diverso, que inclui a observação de baleias que vem ao nosso litoral para procriar e serem um dos atrativos mais lindos do Brasil. Essa é mais uma prova de que o turismo pode ajudar e muito no desenvolvimento sustentável e nas políticas de preservação das baleias”, disse.

Em Santa Catarina, os turistas podem observar baleias nos municípios de Laguna, Imbituba e Garopaba, que compõem a Rota da Baleia Franca. De acordo com a Prefeitura Municipal de Imbituba (SC), até o meio do mês de julho, durante sobrevoo do projeto ProFranca/Instituto Australis, foram avistadas 28 baleias, quase metade do total registrado durante toda a temporada de 2020. A temporada vai até novembro e a expectativa é de que setembro seja o pico da chegada dos animais.

Em 2018, uma articulação do Ministério do Turismo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) permitiu a assinatura de uma portaria que estabeleceu normas e procedimentos para o turismo embarcado de observação de baleias. A visitação turística na Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, em Santa Catarina, é feita mediante autorização prévia das embarcações de empresas regularizadas no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur), atendendo a um pleito apresentado pelo Ministério do Turismo.

Desde junho, o litoral do Espírito Santo já registra a chegada das baleias Jubartes. Além disso, a capital capixaba é a única capital do país a contar com um local dedicado ao animal marinho. No Espaço Baleia Jubarte, os turistas poderão encontrar um espaço interpretativo interno e externo com réplicas e painéis, auditório, e um espaço cultural para exposições temporárias. É de lá, também, onde sai a embarcação para a observação das Jubartes.

O litoral do sul da Bahia, também, conta com espaços destinados às baleias. A expectativa é de que mais de 4 mil animais migrem para a região e que eles fiquem até o final de outubro, período que compreende a amamentação dos filhotes e o acasalamento. Além de Salvador, a atividade turística pode ser realizada nos municípios baianos de Caravelas, Itacaré e Praia do Forte. A Bahia, ainda, é sede do maior berço reprodutivo do Oceano Atlântico Sul Ocidental, localizado no Arquipélago de Abrolhos.

Texto: Victor Maciel – Ministério do Turismo

Luciane Santana
Luciane Santana
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Apoio ao Turista

Como Chegar
Principais Atrativos

Belezas naturais

Dunas
Ver Galeria
Serras
Ver Galeria
Cachoeiras
Ver Galeria
Lagos
Ver Galeria
Cidades
Ver Galeria
Previous
Next

Curiosidades

Escolha o Idioma »